Como se fosse ontem…


Brad Elterman teve a adolescência dos sonhos de qualquer jovem nos anos 70. Natural de Los Angeles, em 1974 com 16 anos, ele teve a sorte de fotografar um show de Bob Dylan, a partir dai foi um passo para estar metidos nas melhores festas e inferninhos de Hollywood na companhia de rock stars, astros do cinema e groupies. Mesmo diante de todas as tentações o jovem Brad se profissionalizou e suas fotos correram o mundo, algumas delas podem ser conferidas no livro Like It Was Yesterday: The Photographs of Brad Elterman. Hoje, com 50 anos, Brad relembra os áureos tempos onde as pessoas não mediam esforços para festejar: “Os anos 70 eram um tempo especial, existia mágica. Nos anos 80, tudo começou a perder um pouco a graça”.

O trabalho de Brad chama atenção pelo grau de intimidade que ele tinha com os famosos. Com seu jeito tímido, ganhou a confiança de gente que parecia ser inatingível: “É importante que as pessoas tenham confiança em você. Na época, eu era um adolescente cabeludo e tímido. Era um lance meio parecido com o que acontece no filme Quase Famosos. Por isso fui aceito no circuito dos figurões. Perceberam que eu estava lá como um amigo, sem a intenção de fazer algum tipo de sacanagem ou de me aproveitar das situações”.

Hoje Brad ainda trabalha com fotografia, mas prefere ficar por traz das câmeras, pois não vê sentido em fotografar as celebridades atuais: “Vou fotografar quem? Britney Spears, Paris Hilton? Essa gente não me interessa. Não basta ser celebridade, tem que ter pelo menos um pouco de talento. E não enxergo muito isso hoje em dia”. Faz todo sentido Mr. Elterman…

!974 – Bob Dylan através dos olhos do fotografo.

Bob Dylan e Robert De Niro

John Travolta e Olivia Newton John

Brooke Shields e Gene Simmons – Essa foto foi tirada em 1979 na festa da banda Blondie     na loja Fiorucci em Beverly Hills. A imprensa queria exatamente isso, uma imagem divertida de uma celebridade internacional e um rock star. Os japoneses ficaram loucos, Brooke tinha só 13 anos.

!977 – Debbie Harry, no primeiro show da banda Blondie em Los Angeles no clube Wiskey A Go Go.

Joan Jett no Whiskey A Go Go em 1977.

Tirar uma foto do Bowie era missão praticamente impossível, Brad não era conhecido e somente alguns fotógrafos tinham acesso a ele. Brad ficou sabendo que Bowie estava gravando até tarde no estúdio Cherokee Recording Studios em Fairfax Blvd em  Hollywood, o garoto matou aula e correu logo cedo para a frente do lugar, às seis da manhã ele conseguiu a foto e um bom dia do ídolo.

1981 – Duran Duran no Riot House. Como a banda ainda não conhecia Los Angeles, Brad fez um tour com os caras pela Sunset Strip em seu Mercedes.

1977 – Festa no hotel Beverly Hills.

1978 – Bebe Buel e Stiv Bators, vocalista da banda Dead Boys na festa da Fiorucci em Beverly Hills. A grife Fiorucci era famosa pelas roupas ousadas e pelas festinhas divertidas.

Brad tinha uma grande amizade com os Ramones, frequentavam lugares como Duke’s Coffee House na Santa Monica Blvd e Tropicana Motor Hotel, lugares frequentados por punks e rockers. Joe foi fotografado no estacionamento de um estúdio em Hollywood.

1977 – Cherie Currie fumando em sua cama. A imprensa queria fotos como essa, a intimidade das The Runaways, como Brad era muito amigo das garotas, ele conseguia as melhores poses.

I want your bussiness card! Em 1978, em uma visita do Led Zeppelin a Los Angeles, Brad conseguiu a foto e um xingo de Robert Plant.

1976 – Foto encomendada pelo London Daily Mirror, Rod Stewart paquerando uma garota.

Brad Elterman e seu livro.

Veja mais fotos e histórias no site de Brad Elterman.

Anúncios

Influências do Rock na moda de 60 a 80


Rock não é só música, mas também visual e atitude. Não dá para passar batido a contribuição de estilo que os Ícones nos trouxeram ao longo dos anos. Jaquetas de couro, tachas, botas altas, jeans e óculos escuros são apenas algumas peças que fazem parte de nossos guarda roupa.

O rock explodiu na América em meados dos anos 50 e empolgou toda uma geração, modificando sua postura, sua dança e principalmente seu jeito de se vestir. Elvis cresceu ouvindo folk e country e partir daí foi um dos primeiros artistas da onda rockabilly, que misturava country com rhythm and blues. Gel no cabelo, jeans curto com as barras dobradas (que até então só os mineradores usavam), camiseta branca, camisa xadrez e jaqueta de couro perfecto eram suas marcas registradas.

Contemporâneo ao Elvis tinha o Buddy Holly, com estilo menos extravagante e mais nerd, ele usava gravata fininha, blazer ajustado, cardigan curto e óculos de armação pesada. (Hipster?!)

No início dos anos 60 o rock sofria influência folk e Bob Dylan fazia sucesso vestindo jaquetas de camurça, botas cowboy e ternos justos, mas o mais marcante do seu visual era o cabelo desgrenhado e os óculos Ray-Ban Wayfarer (lançado em 1952).

Em 64 o mundo conheceu Beatles, Rolling Stones e The Who. Meninos de cabelos arrumadinhos, ternos e gravatas coloridas. O visual era super moderno na época e até hoje serve de referência para novas criações.

Mais tarde esses mesmos caras mudaram suas roupas e deixaram o cabelo e a barba crescer acompanhando as transformações da música e da sociedade no final dos anos 60. No início dos anos 70 o rock já era estilo de vida e bandeira da geração Hippie. Jimmy Hendrix ditava a moda com lenços, estampas, acessórios em couro e calças boca de sino.

Jim Morrison também tinha seu estilo e na época topou fazer um editorial de moda para a grife de sua esposa, Pamela Courso.

No início da década de 70 também surgiu o glam rock que, mais que um gênero musical se tornou um estilo que se popularizou a partir de David Bowie e seu alter ego Ziggy Stardust. Muito glitter, paêtes, ombreiras e tecidos metalizados. A ideia era o visual andrógeno, misturando roupas masculinas com femininas,  maquiagem e cabelos repicados.

Bowie e Iggy Pop

A banda New York Dolls e suas botas de salto alto.

Os Stones também aderiram ao Glam como estilo.

O Roxy Music era o mais elegante do Glam.

No final da década de 70 começava o movimento Punk na Inglaterra. que surgiu com looks pensados por Vivienee Westwood e uma atitude que defendia a rebeldia, o anarquismo e a crítica social.  As bandas Ramones, The Clash e Sex Pistols usavam jeans skinny rasgado, camisetas justas, tênis ou coturno e jaquetas de couro perfecto.

.Ainda na década de 70 , a banda Kiss e o Alice Cooper também usavam referências do punk e do glam como couro, coleiras, spikes, rebites e tachas, botas de salto alto e maquiagem.

Já nos anos 80, surgem as Hair Bands, bandas de Hard Rock americanas influenciadas pelo Glam. Jon Bon Jovi inspirava com seu permanente, legging e jaqueta de couro. Os óculos escuros da época eram o modelo Aviador, Ray- Ban.

Axl Rose  e Slash do Guns N` Roses também lançaram estilo com bandana e cartola