Rock socks!


Se você acha que meias servem só para esquentar os pés e dar um charme no visual, erraram! O fotográfo britânicoThorm Moore, teve a brilhante ideia de reproduzir capas de discos famosos utilizando meias na composição das artes.

O registro completo do artista, pode ser visto no site: Famous album covers recreated with my socks (capas de álbuns famosos recriadas com minhas meias), onde discos icônicos como dos Strokes, do Velvet Underground, do Primal Scream, do Mettalica e do Pink Floyd ganharam versões divertidas e inusitadas, criadas e registradas por Moore. Vale a pena conferir!

“Is This It” (2001), dos Strokes

“The Velvet Underground & Nico” (1967), do Velvet Underground

“The Dark Side of the Moon” (1973), do Pink Floyd

“Screamadelica” (1992), do Primal Scream

“Black Album” (1991), do Mettalica

JULIANNE HOUGH rocks!


Julianne Hough, a atriz do filme Rock of Ages é capa da Glamour América de Julho.

E aí? Ansiosas para a estréia de Rock of Ages?

Pinte seu cabelo like a pro!


Quem nunca pensou e se coçou de vontade de tingir o cabelo em casa? Essa é uma prática bem antiga que evoluiu bastante, hoje as colorações têm cada vez mais tecnologia e qualidade. Elas colorem perfeitamente enquanto tratam os fios.

Resolvi compartilhar com vocês algumas dicas pra não errar na aplicação, tirar melhor proveito do produto e não manchar seu lindo banheiro, mãos, rosto e toalhas. Isso vale para tinturas e tonalizantes.

Eu uso o tonalizante Color Touch da Wella de uso profissional. Ele contém proteínas que  suavizam a fibra do cabelo criando uma superfície mais plana que reflete melhor a luz. Não resseca, deixa o cabelo com cara de bem tratado e um brilho incrível. Já testei outros mas esse ainda é o melhor.

Lembrando que o tonalizante sai aos poucos, por igual, com a lavagem e a ação do clima. Já a tintura permanente dura mais – tanto que os retoques devem ser feitos apenas na raiz para não saturar o cabelo com pigmentos. O tonalizante dura em média uns 25 dias, lavando e tratando com produtos para cabelos tingidos.

Antes de tudo, se você nunca tingiu ou tonalizou os cabelos em casa é legal fazer um teste de sensibilidade na dobra do braço com 24 horas de antecedência, para saber se você tem alergia à química. Importante: Não lave a cabeça antes da aplicação, pois a oleosidade natural protege o couro cabeludo.

Vamos para a parte prática:

Escolha uma roupa podrinha e fácil de tirar.

Proteja a pele que contorna a raiz do cabelo com creme de barbear, isso mesmo, aquele creme azul Bozanno, sabe? Descobri que é melhor protetor contra manchas! Espalhe-o na testa, nas laterais, na nuca, em cima e atrás das orelhas.

Use luvas de borracha ou plástico, nunca aplique o produto sem luvas!

Divida o cabelo em seções e use prendedores para manter as mechas no lugar, isso facilita na hora da aplicação.

Alguns produtos acompanham frasco aplicador, outros, como o  Colour Touch da Wella precisam ser misturados em um recipiente, nesse caso, use sempre um potinho de plástico, vidro ou porcelana, nunca de metal!

Aplicação: com a ajuda do frasco aplicador ou de um pincel próprio para tintura passe a mistura no comprimento, massageando os fios mecha por mecha. Deixe a raiz (quatro dedos) por último. Agora, sim, aplique a tinta na raiz, do centro do couro cabeludo para baixo, cobrindo a área que não recebeu a tintura. Espere o tempo de ação recomendado pelo fabricante.

Se for retoque, o processo é inverso, primeiro a raiz e depois as pontas.

Enxágue os fios no chuveiro até a água ficar transparente e aplique o creme ou ampola de tratamento.

Espere pelo menos 24 horas para lavar os cabelos novamente, isso garante maior fixação da cor!

SEMPRE faça uma hidratação após a tintura! Eu uso a ampola Powerdose Color da  L`Oréal ou a Superdose do Celso Kamura que é ótima e você encontra fácil em grandes perfumarias.

NUNCA dispense a ajuda de um profissional caso você tenha muitas dúvidas ou quando você quiser fazer uma mudança radical. Como eu tonalizo meu cabelo de preto faz tempo, já sei qual a cor e o produto que funcionam pra mim.

E você? Já tingiu ou tinge o cabelo em casa? Conta pra gente!🙂

Makeup: truques que podem te salvar na hora do aperto!


Cadê o delineador? Esqueceu o blush? Não tem nem uma sombrinha para dar um tapa no makeup? A solução está no seu necessaire!

Você pode dobrar praticamente o uso de quase todos os produtos, os maquiadores fazem isso há anos! Muitas vezes, os produtos tem propriedades idênticas, mas são vendidos em embalagens diferentes.

Veja só:

Rímel vira delineador > Você pode usar o seu rímel como delineador sim! Com ajuda de um pincel, pegue um pouco do rímel que está na escovinha e aplique na pálpebra da mesma forma que você aplica o delineador. Se você quiser um look rocker, use um cotonete ou mesmo o dedo para esfumar o rímel na pálpebra, dando mais ênfase no canto externo.

Blush, iluminador e bronzer se transformam em sombra > Os tons clarinhos iluminam o canto interno dos olhos e abaixo das sobrancelhas,  os mais escuros criam contrastes. Pode usar sem medo!

Sombra em pó vira blush numa boa, as cores mais legais para usar como blush é o rosa, dourado, alaranjado e marrom. Ah! Sombra clarinha com brilho também vira iluminador🙂

Lip Balm nos olhos e nas bochechas > O humilde lip balm é o campeão olímpico dos cosméticos. Aplique uma quantidade mínima (mínima mesmo!) SOMENTE no centro da pálpebra, por cima do lápis esfumado ou sombra e garanta o efeito gloss. Nas maçãs do rosto, próximo ao osso, acima do blush, ele vira um excelente iluminador! Dica extra: ele também funciona como removedor de makeup! Gênial, não?

Gloss vira rímel > Pingue uma gotinha de gloss no dedo e passe na ponta dos cílios. Dê leve puxadinhas em cada fio para espalhar bem. Se o escolhido tiver glitter, os cílios ainda ganham brilho. Legal, não é?

Lápis para lábios vira batom e batom vira blush > Essa é velha, né? Mas sempre vale lembrar!

Base vira corretivo > Sabe aquele pouquinho de base que fica grossinha na borda da embalagem? É um excelente corretivo, pode provar!

Delineador em gel vira sombra > Dia desses eu descobri que o delineador em gel Fluidline BlackTrack da MAC é o melhor para fazer aquele olho preto super esfumado! É só aplicar direto na pálpebra com a ajuda de um pincel durinho e chato.

Batom Matte > Um tiquinho de pó translucido por cima do seu batom favorito já dá esse efeito.

Colher vira curvex > É isso mesmo que você leu, a dica vem da top Miranda Kerr! Primeiro aplique o rímel. Então, segure um colher acima e contra os cílios por 30 segundos. Voilá, super cílios dignos de diva!

Como vocês viram, existem inúmeras possibilidades, o lance é testar e descobrir novos truques😉

Curtiu? Então dá um Like e um Retweet🙂

Makeup para negras


Antes de começar vamos desmistificar: peles em tons escuros não tem segredo algum, muito menos restrições! Exigem cuidados como qualquer outro tom e, sim,  existem cores que valorizam e cores que podem derrubar o visual.

Negras podem usar de tudo, sombra marrom, batom rosa, blush rosa, sombra colorida etc etc. A dica é: cuidado com cores claras demais, é como um giz num quadro negro, pode ficar muito gritante. Aposte em cores fortes! Tons muito suaves e transparentes podem deixa o look acinzentado.

* Iluminador – Vá de dourado, essa cor é perfeita.

*Sombra – Escolha tons de dourado, cobre, bronze, marrom café, azul marinho profundo, cobalto, beringela, roxo, verde folha, grafite, carvão, metálicos, burgundy e marrom chocolate. 

Realce o branco dos olhos aplicando lápis azul safira ao longo da marca d`água. 

*Blush – Ameixa, laranja queimado, marrom, magenta, fúcsia, rosa (negras ficam lindas e podem usar sem medo) e tons de vermelho profundo.

*Lábios – Boca nude fica linda em negras! Além dos tons de bege, rosa, mel e caramelo, pode apostar em cores vibrantes como pink, coral, laranja, vermelho vivo, fúcsia e tons escuros tipo vermelho escuro, vinho, ameixa e burgundy.

Alguns looks para inspirar:

Atenção!! Todo cuidado é pouco com o uso do corretivo! Aqui a intenção foi iluminar, mas ficou estranho porque a cor é totalmente diferente do resto do rosto. O esfumado gatinho em preto vale a inspiração.

Olhos bem marcados em preto e marrom e blush rosa!

Contorno bem definido, cílios postiços para alongar, sombra vinho e gloss rosa pálido para complementar.

Sombra clara iluminando o canto interno, delineador e blush rosa, de novo!

Olha o batom rosa! Lindo, não?

Sombra roxa e lábios nude com gloss.

Delineador e boca apagada com corretivo, combinação perfeita!

Batom vermelho + sombra azul safira.

Colorida e divertida, olha o blush fúcsia!

Olhos Castanhos


Olhos castanhos podem parecer comuns, mas são como um parque de diversões para a maquiagem! São tão lindos quanto azul ou verde, porém, há sempre uma forma de deixá-los ainda mais em evidência, veja:

Para criar um olhar dramático, vá de matte!

Sombras opacas criam um efeito sofisticado e misterioso. Você pode até achar sem graça aquela sombrinha marrom opaca, mas sabendo usar, ela cria um efeito lindo e indispensável aos olhos castanhos. Boas opções: Espresso da MAC e Brown Stone do Duda Molinos.

Contorne com preto

Emoldurar os olhos, garante destaque! E para conseguir esse efeito, você pode usar sombra preta e píncel, lápis ou delineador na pálpebra rente aos cílios e na marca d`água  dos olhos. Eu experimentei o lápis Autograph Pencil – Puro Amor da Kat Von D by Sephora, ele beeem preto e a fixação é uma das melhores que eu já vi! Além do preto, outras cores são bem vindas, como ameixa, azul e verde.

Roxo, púrpura, violeta e lavanda

Tons de roxo evidenciam o subtom verde nos olhos castanhos. As meninas de cabelos claros ficam lindas com tons de violeta, como a sombra Crème de Violet da MAC. Eu gosto muito das sombras que puxam para o púrpura e tons de vinho como a Nocturnelle da MAC.  Porém, o meu roxo desejo do momento é a Daphne da Nars.

Fonte: The Beauty Department

Leia antes de cortar!


Não tem nada mais irritante que etiqueta de roupa pinicando, não é mesmo? Pois é, mas antes de sair cortando freneticamente a bendita etiqueta, é legal saber que ali estão informações importantíssimas para a conservação da sua peça!

A etiqueta da roupa existe para ajudar… À primeira vista, parece complicado, concordo. Mas quando a gente presta atenção direitinho, percebe que não é um bicho de sete cabeças. E para não ter confusão, a simbologia é a mesma no mundo todo e vem sempre na mesma sequência.

Esses símbolos nada mais são do que instruções do que você pode ou não fazer na hora de lavar, alvejar, secar e passar.  E com a variedade de tecidos no mercado, é muito importante ler a etiqueta para saber como tratar o tecido na hora da lavagem, veja só:

1º:  Lavagem – envolve temperatura, enxágue, centrifugação e instruções para lavar a peça à mão ou não.
2º: Alvejamento – indica o uso ou não do cloro no processo da lavagem.
3º: Corresponde ao processo de secagem, que pode ser natural (em varal) ou em tambor (na secadora roupas), e como ela deve ser feita.
4º: Este símbolo mostra as recomendações na hora de passar, se ela pode ser passada a ferro, e qual a temperatura ideal para isso.
5º: O último símbolo fala sobre a limpeza a seco. Mas com esse, você não precisa se preocupar tanto, essas informações são para a equipe da lavanderia, quando a sua peça precisar de um tratamento mais profissional, certo?

Agora vamos à parte prática:

Usado, vintage ou retrô?


Você sabe qual é a diferença entre usado, vintage e retrô?

Parece que virou moda dizer que uma peça antiga é uma peça vintage, né? Por exemplo: Encontrei uma jaqueta de couro vintage maravilhosa no armário da minha mãe!

Bem, não é exatamente assim que as coisas funcionam…

Vintage é um termo em inglês dado a colheita de vinhos. Vem de “vint” relativo à safra de uvas e “age” de idade. A melhor tradução seria “boa safra”.

Para ser considerada uma peça vintage, a roupa precisa cumprir certas exigências:

1) A roupa tem que ter pelo menos 20 anos de existência

2) Não ter sido customizada – bordados, recorte nas mangas, mudança drástica de comprimento…

3) Representar uma tendência, uma década, ou o estilo de um estilista específico.

Por exemplo, um smoking Yves Saint Lauret feito na década de 1960 é uma peça vintage. Um blazer com corte incrível achado em um brechó mais maravilhoso ainda, é apenas uma peça usada – nem por isso menos interessante.

Mas, e o retrô?

Retrô (em inglês, retro) significa para trás. É o relançamento de uma moda, ou seja, uma peça nova com estilo e modelagem que remetem aos anos 60, 50, 40… O retrô se refere à réplica de objetos antigos, uma releitura do passado. Sabe aquele vestidinho de poás lançado ainda este ano com estilo anos 50? É uma peça retrô!

Ou seja, vintage é antigo de verdade e histórico, retrô é atual com referência vintage e cara de antiguinho. Essas expressões podem ser usadas não somente na moda, mas também na fotografia, arquitetura, decoração e por aí vai…

Tatuadora Melina Casteletto lança linha de design


Essa novidade é para quem gosta de houseware com estilo! Melina Casteletto já era conhecida pelo seu talento como tatuadora, agora ela lança uma linha de design – as primeiras peças são porta copos e jogos americanos estampados com desenhos psicodélicos e caveiras, que originalmente surgiram em papel canson com aquarela e nanquim, aos poucos esses desenhos foram ganhando forma e se tornaram objetos incríveis. A criatividade da Mel vai além, logo ela lançará camisetas, posters e ecobags, fiquem ligados que eu mostrarei tudo em primeira mão para vocês!

Curtiu o trabalho da Mel? As peças estão disponíveis no Soul Tattoo Art & Café e os valores variam de R$ 5,00 à R$ 20,00. Corre lá, as peças são exclusivas e limitadas!

Soul Tattoo Art & Café

Funcionamento: de segunda à sexta – das 11h às 20h/ sábado – das 11h às 18h

Local: R. Oscar Freire,2203 – Jd Paulista

Tel.: 11 3063-3435

Site: www.soultattoo.com.br

Blog: http://www.soultattoo.com.br/blog/

Twitter: @soultattoo_

Facebook: Soul Tattoo Art e Café

Galeria de fotos: http://www.flickr.com/photos/soultattooartecafe/sets/

Big Eyes


Como não amar os olhos grandes de Katy Perry e Zooey Deschanel?

Com apenas alguns truques você consegue olhos de boneca em minutos! O maquiador de Zooey Deschanel, Jorjee Douglass dá dicas preciosas de como abrir o olhar e aumentar olhos pequenos:

1- Escureça linha dos cílios

Escurecer a linha dos cílios dá mais ênfase ao formato do olho, que opticamente o faz parecer maior. A linha deve ser bem fina “sujando” a raiz dos cílios e cobrindo somente 3/4 da linha dos cílios, pare antes do canto interno dos olhos. Faça o contorno com sombra ou lápis, as clarinhas podem optar por tons de marrom e as morenas ou negras pelo preto.

2- Curve  os  cílios

Esse truque é antigo e bem conhecido. Curvar os cílios ajuda a aumentar os olhos e despertar o olhar. Para dar uma turbinada no seu curvex, use o secador de cabelo para aquecê-lo – apenas alguns segundinhos! Você não vai querer tostar as pestanas, não é mesmo?

3- Use um lápis iluminador

Lápis nude  ajuda a abrir o olhar instantaneamente! Contorne toda a linha d`água com o lápis e aplique também abaixo da sobrancelha. O resultado é surpreendente!